domingo, 6 de junho de 2010

Perdas



Marina Costa

O que você faz aqui? perguntou para ela. Caí da lua e não sei voltar, disse a menina cujos olhos cor de pedra brilhavam. E você? dirigindo-se ao homem que carregava armas de guerra, perdi uma batalha e voltei ao campo para sacrificar a terra. Ambos estavam de coração vazio. Mas a noite lhes deu estrelas. E sob seu manto, o calor de um abriu a cicatriz do outro. Peito fértil de novo. Cheiro de vida que a chuva abençou.

4 comentários:

  1. Inspirado por Eluveitie, Robin Hood e morango...

    ResponderExcluir
  2. Marina, produza mais algumas preciosidades dessas e trabalharei para que vc fique famosa =).

    ResponderExcluir
  3. Eu falei que "Inevitavelmente" era uma das mais bonitas antes de ter lido essa! =)

    ResponderExcluir

Para contato, o email é vidanacronica@gmail.com