domingo, 12 de setembro de 2010

Acalento

Marina Costa

Sabe de uma coisa, eu não ligo para suas opiniões políticas e acho que você desperdiça seu tempo tentando mostrar que existe uma esquerda e uma direita. Já te disse, as coisas devem andar pelo meio. Também não me interessa qual posto de gasolina vende mais barato. Falo de novo, você devia começar a andar mais a pé, até porque é para isso que servem suas pernas. Se a cerveja está quente, se o trânsito está pior a cada dia ou se você não ganha o tanto que gostaria, é tudo problema seu. E não, eu não quero assistir esse filme porque ele é estupidamente comercial demais e a gente não precisa se enganar dessa forma. Olha pra mim. Presta atenção. Deixa eu falar agora. O que eu quero mesmo saber é qual é o seu maior sonho impossível, porquê sempre antes de comer você gira o garfo no ar, qual o motivo para você preferir o branco ao invés de todas as outras cores, desde quando você acredita em fim do mundo, como você imagina uma vida dentro de uma caverna nas montanhas, quais são suas vontades que nunca são satisfeitas, porquê o seu beijo tem sempre gosto de menta mesmo se você não escovar os dentes, qual foi sua maior alegria infantil, o que você pensa logo que abre os olhos de manhã... Sabe, me conta isso.  Me mostra o que tem aí dentro. E larga esse mundo cinza pra lá. Vem?

Um comentário:

Para contato, nosso email é vidanacronica@gmail.com