domingo, 12 de dezembro de 2010

Amigo dele

Marina Costa

E  seu amigo, está bem?
Ele não me responde. Não me atende. Não quer me ver. Disse que ficaria tranquilo mas vai saber. Esperei e esperei. Resolvi vir até você. Agora, não que eu não me importe com ele... mas e a gente, como vai ser?
Não sei se foram as nossas conversas enquanto ele me pedia um tempo. Ou as risadas sobre  coisas em que ele não via a mínima graça. Talvez compartilhar comida japonesa, longe da alergia que ele dizia ter. Ou quem sabe era porque, no fundo, não tinha mesmo nada a ver.
Fala para ele que a vida é assim. E a gente só insiste no erro quando o ego não quer perder. Mas não tem derrota. Ninguém é troféu. Vamos sorrir que o mundo é colorido. A vida transborda. E agora, eu amo você.

2 comentários:

  1. Sorte para todos nós... É só semear, colher e pedir bons ventos....
    Abs.

    ResponderExcluir
  2. Olá tenha uma semana muito tranquila cheia de paz.
    Gostaria que visita se meu blog espero que goste. Este é o endereço: informativofolhetimcultural.blogspot.com
    Esperarei sua visita forte abraço
    Ass: Magno Oliveira

    ResponderExcluir

Para contato, o email é vidanacronica@gmail.com