domingo, 5 de fevereiro de 2012

Estertor

 
Marina Costa

A vida dá voltas, uma hora, seja porque a gente ora mesmo quando ignora. Se um dia manda embora, no outro quase implora e prefere dos males o maior a ficar a deriva, sem leme e sem timão. Sorrisos falsifica e enterra em mentiras o pedaço de coração. Descrente, impaciente, ausente, clama por não ter mais um ídolo falso por quem chorar. Felicidade viscosa e asfixiante. Mas que acontece agora. Agora.

2 comentários:

  1. http://kehcristina.blogspot.com/2012/02/nao-sei-ao-certo-se-vou-te-esquecer.html leeia *-* e siga qe sigo de volta (:

    ResponderExcluir

Para contato, nosso email é vidanacronica@gmail.com