quarta-feira, 30 de abril de 2014

Quimeras

 
Minha cabeça fervilha de ideias. Mirabolantes umas, geniais outras, doloridas quase todas mas maravilhosamente cheias de potência humana. Tendo a amar o ser humano como nunca, por ser assim, figura tão poliédrica, construtora individual e conjunta de milhões de teorias, teoremas, teimosias… É gênero, é religião, é amor, é sexo, tudo se mistura numa junção tal que bebo e bebo da poção, mais cheia a cada gole e menos saciada a cada vez, tentando verter, glutona, todo e qualquer acento de saber. Quero entender, quero pensar, quero explanar o que me causa cada “A”. E assim, no sono do fim do dia, penso e repenso, o caldo entornando no travesseiro explodo em milhares de pontos brilhantes que permanecem no sonho, a girar a engrenagem da minha imaginação.
 
Marina Costa

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Convidado


Buenos aires, mayo de 1976: abro la puerta del cuarto donde dormiré esta noche
 
Estoy solo. Y me pregunto: ¿Existe una mitad de mí que me espera todavía? ¿Dónde está? ¿Qué hace mientras tanto?
¿Vendrá lastimada, la alegría? ¿Tendrá los ojos húmedos? Respuesta y misterio de todas las cosas: ¿Y si nos hemos cruzado ya y nos hemos perdido sin enterarnos siquiera?
Cosa curiosa: no la conozco y sin embargo la extraño. Tengo nostalgia de un país que no existe todavía en el mapa.
Eduardo Galeano

terça-feira, 15 de abril de 2014

Assuntos aleatórios compondo ideias avulsas


Andando rápido chuta a lata que esbarra no cão... O lixo ficou em cima da pia por descer... A árvore da esquina precisa mesmo de poda e o aspirador de pó enguiçou, talvez de tanto pelo!? Ração está no final, o chuveiro precisa ser trocado mas e o mar do carnaval... ahhhh! Quarta feira e para o final de semana faltam ainda 8 meses... Um filho levaria nove para vir ao mundo e dizem que as fraldas para tais novas vidas andam pela hora da morte!! Falta cera de ardósia e pano de pia. Wifi com problema e cortinas, tão desbotadas... Bem que podia chover, viu! Aulas vão começar... Pintura rupestre é um bom tema para estudar.? O livro da biblioteca pública está atrasado ainda bem que a multa é baratinha daí dá para tomar café com pão de queijo da lanchonete do lado que é além de bom muito baratinho também... Salário, esse podia bem aumentar em uns 200%!! Tanto lugar no mundo para visitar... Na Tailândia, dizem, elefantes com a tromba para baixo dão azar... Olha o prédio aí. É hora de estagnar.
 
Marina Costa

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Amado

 
Balança na rede, corpo tom de areia, nua e solta de trejeitos. Sorri com facilidade e canta com doçura enquanto enrola os dedos no cabelo preto. “Oh mar azul, mar revolto, mar saudoso, traz pra mim o barco onde está o meu amor…”. E cai a tarde enquanto ela pensa sentir o cheiro salgado do peito em que vai dormir.
 
Marina Costa