quinta-feira, 25 de junho de 2015

Yule


Bate no vidro da janela um grosso pingo de chuva e sob o telhado desaba a tempestade torrencial, fazendo estalar paredes e trazendo o frio de fora para o aconchego de dentro. Sem luz e sem distração, eles se olham receosos de encarar a intimidade um pouco esquecida. Ela pensa em uma xícara de chá. Ele pega na estante um livro grande. Ela volta com canela e maçã. Ele começa a ler em voz alta histórias sem fim. Sorrindo, ela se senta. Feliz, ele a abraça. E assim o inverno chega, silencioso e escuro, soprando pelas frestas a arrepiar a rotina. Trazendo a necessidade esquecida de calor do com viver.
 
Marina Costa 

3 comentários:

Para contato, nosso email é vidanacronica@gmail.com