segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Monodia


Longe, onde o vento se curva, a terra derrete e o olho esmorece frente tanto o que ver, o peito suspira, o coração aperta e a saudade que bate já não é mais de querer. A falta que faz é sentir. O desejo que grita é viver.
 
Marina Costa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para contato, o email é vidanacronica@gmail.com